Encare a crise como se fosse uma montanha a ser vencida.

O site empreendedor.com.br traz nesta semana em destaque a “Tenco Shopping Centers”, rede que pretende inaugurar dois shoppings este ano e lançar outros dois, permitindo que a empresa chegue a 32 unidades em 2017, quando planeja abrir o capital. “Com o IPO, esperamos captar entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões na bolsa de valores”, afirma a vice-presidente Adriana Gribel.

Atualmente, o valor de mercado da Tenco situa-se entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões, e o faturamento em 2014 foi de aproximadamente R$ 100 milhões. “Pelo faturamento nós ainda não figuramos entre os grandes players, porque nós estamos em um momento de muito investimento, a nossa opção de crescimento é por projetos novos.” Em 2013 foram investidos cerca de R$ 340 milhões, e em 2014, R$ 510 milhões, período em que quatro shoppings foram inaugurados e outros quatro lançados. A entrada em operação das novas unidades deve ajudar a elevar a receita a R$ 150 milhões neste ano.

Um desafio de proporções elevadas, considerando que o Brasil embarcou de vez na crise econômica e não apresenta perspectivas nada animadoras. Mas também nada impossível para os Gribel, a primeira família brasileira a conquistar os sete cumes do País, entre 2003 e 2004. “Vá em busca da realização de seu sonho, seja qual for a montanha de sua vida”, diz Adriana.

O montanhismo surgiu na vida de Adriana em 2004, quando na companhia do marido Eduardo Gribel, realizaram uma exploração ao Batur, vulcão em atividade situado em Bali, na Indonésia. Acharam emocionante e, na viagem seguinte, convidaram os filhos para uma expedição aos sítios arqueológicos de Chichen-Itza e Tulum, na Península de Yucatan, no México. A partir daí a montanha passou a fazer parte da essência da família e, desde então, 21 montanhas de todo o mundo foram superadas, entre outras aventuras. “As vitórias obtidas dentro do montanhismo tornam as pessoas mais seguras, e elas passam a se sentir à vontade diante das diferenças.”

Em abril, o desafio de vencer uma montanha foi compartilhado com 21 funcionários do Grupo Tenco, escolhidos entre mais de 70 inscritos. Segundo Adriana, este foi um projeto pioneiro, nunca nenhuma empresa brasileira fez um programa de montanhismo com os colaboradores. Ao longo de quase dez dias de viagem ao Monte Roraima, tudo transcorreu bem, principalmente se considerado que apenas a líder e seu filho André Gribel haviam participado de experiências similares.

Para Fabiano dos Santos, assistente comercial da Tenco Shopping Centers, a expedição foi incrível. “Arrisco a dizer que essa foi a melhor experiência da minha vida, inexplicável os momentos vividos ao lado dos colegas, em um cenário fantástico e único, que só o Monte Roraima pode proporcionar”, revela o funcionário. No momento mais emocionante, conforme relato de Adriana, quando foi superada a ascensão de aproximadamente 1 mil metros de desnível, num deslocamento de cerca de quatro quilômetros e duração de quatro horas e 20 minutos, do Campo Base ao topo, os integrantes que foram chegando primeiro ficaram esperando os demais, até que todos se reuniram, se abraçaram e comemoraram muito.

Adriana acredita que o montanhismo contribui para os relacionamentos no mundo dos negócios, pois, durante a prática, os aventureiros vivenciam valores como solidariedade, disciplina, compromisso e superação. Além disso, o trabalho em equipe é imprescindível, pois na montanha todos têm a mesma importância, independente de níveis hierárquicos dentro do trabalho. “A montanha coloca todos em pé de igualdade, lá em cima todos estão na mesma condição, e, para chegar ao topo, é preciso ajudar o próximo. Aprendi muito com a expedição, a valorizar pequenas coisas do nosso dia a dia, a agir como um time, a conhecer o nosso corpo, nossos limites, e também a respeitar nossas diferenças, nossas fraquezas, nossas virtudes, e que juntos somos mais fortes e capazes de conquistar sempre os topos almejados”, afirma Fabiano dos Santos. “O maior ensinamento para todos foi que as dificuldades são sempre suportáveis e até transponíveis quando temos alguém ao nosso lado disposto a nos ajudar”, resume Adriana.