Startup de fazendas verticais recebe US$200 milhões de fundo japonês

startup-de-fazendas-verticais

A SoftBank Group Corp. acaba de investir US$200 milhões de dólares em uma startup de fazendas verticais. A ideia é fazer com que o cultivo de vegetais seja mais eficiente para os consumidores.

A Plenty, startup responsável pela ideia, quer ajudar a aumentar a produção de alimentos saudáveis nas grandes cidades.

“Nós acreditamos que a equipe de Plenty irá refazer o sistema de entrega de alimentos atual para melhorar a qualidade de vida das pessoas” disse Chao, investidor.

Os vegetais da Plenty ficam acomodados em colunas de até 6 metros de altura, alinhados em fila, tendo gotas de nutrientes e água caindo sobre elas. Seu sistema detecta o tipo de luz, composição do ar, umidade e nutrição que deve ser implementado. A horta da Plenty chega a render 350 vezes mais que fazendas comuns, usando 1% da quantidade de água.

“Desde o período egípcio, a agricultura foi feita penas de uma maneira: planta-se, ao ar livre”, declarou Chao. “Por isso a agricultura vertical passa a ser revolucionária“.

Supermercados como Walmart já estão de olho na ideia, com objetivo de entregar alimentos frescos e livres de agrotóxicos para todos. O vídeo abaixo mostra como a ideia pode ocupar menos espaço e ficar mais próxima do consumidor final, assista:

O futuro das empresas é investir cada vez mais em sustentabilidade. Conheça também o brasileiro que criou uma forma de transformar lixo orgânico em energia elétrica e está ganhando muito dinheiro com isso: clique aqui para ler a matéria completa.