Demitir um funcionário: qual a melhor forma?

Demitir um funcionário não é algo simples. Seja por justa causa ou corte de gastos, saiba quais cuidados ter aqui:

Demitir um funcionário implica muitos problemas que vão muito além dos âmbitos legais. Ele exige toda uma mudança de planejamento, reorganização de equipe e, às vezes, um novo processo de recrutamento.

Confira abaixo como tornar esse processo menos incômodo para você, sua empresa e para o funcionário em questão:

1. Planeje esse momento

Estude quais os impactos que essa demissão irá causar na sua empresa e na sua equipe. Veja quais conhecimentos deverão ser repostos, quem poderá assumir essas responsabilidades e se um novo recrutamento será necessário. Entenda também quais os impactos financeiros e de produtividade.

2. Se prepare

Tenha o domínio do fluxo, da documentação, dos encaminhamentos necessários, dos valores envolvidos, dos direitos legais e dos benefícios que estão sendo concedidos, ou não, por sua organização. Estar preparado para esse momento é essencial e pode economizar tempo, dinheiro e problemas para ambos os lados.

3. Se preocupe com cada detalhe

Demitir um funcionário é uma situação tensa, portanto seja cuidadoso com esse processo. Faça sempre, preferencialmente, pessoalmente e jamais por e-mail ou telefone. Faça com que o funcionário se sinta respeitado e que entenda o motivo do desligamento. Esteja preparado para qualquer tipo de reação negativa e se mantenha sempre firme, mas com calma. Lembre-se sempre que existem leis que amparam tanto a empresa quanto o funcionário em processo de desligamento.

4. Seja delicado e respeitoso

Ser sempre claro, objetivo e gentil durante a finalização é importante, pois é um momento delicado. Você precisa recolher todos os itens pertencentes a empresa que se encontram em posse da pessoa o mais rápido possível. Mas faça isso de maneira delicada e com cuidado.

5. Mantenha a equipe informada e continue seu trabalho

Demitir um funcionário sempre causa mudanças na rotina da equipe. Além disso gera uma certa tensão sobre quem será o próximo ou sobre os motivos que levaram a essa demissão. Sempre deixe claro o porque e quais suas previsões futuras, assim evita preocupações, fofocas e quedas na produtividade. Mas cuidado com o que diz, detalhes não precisam ser compartilhados a menos que seja necessário.

O processo de demissão será sempre complicado, mas com esse passo a passo você pode torna-lo mais simples para você e para o funcionário em questão.