Carros elétricos serão isentos de impostos no Paraná

carros elétricos
Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr

Com o intuito de estimular a produção e o uso de carros elétricos, o governador do Paraná Carlos Massa (Ratinho Junior) anunciou na última quinta-feira (21) um projeto de lei que propõe que a alíquota de IPVA de veículos elétricos seja zerada – Hoje é de 3,5%.

O anúncio foi feito no Smart City Curitiba Expo – segunda edição brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo.

Também será apresentada por ele outra proposta de convênio ao Conselho Nacional de Política Fazendária para que possa isentar o ICMS na compra desses veículos pelo Estado.

A solenidade teve várias presenças importantes, como os prefeitos de Curitiba e Campinas – Rafael Greca e Jonas Donizette – o diretor de novos negócios do iCities, Roberto Marcelino e os deputados estaduais Emerson Bacil e Homero Marchese.

“A ideia
é diminuir cada vez mais o preço dos carros elétricos”

Ratinho Junior disse que o Paraná é pioneiro no uso de energia limpa para o transporte e que é um dos poucos estados a isentar o IPVA de carros elétricos e buscar a possibilidade de zerar também o ICMS desses carros.

“A ideia é diminuir cada vez mais o preço dos veículos elétricos e torná-los mais acessíveis à população” afirmou o governador, no evento internacional Smart City Expo Curitiba.

Objetivando a redução do uso de veículos movidos à combustão, que poluem mais, diz ele que estão trabalhando na mesma direção que outros países estão fazendo.

Eletrovia

O Paraná possui uma eletrovia, mantida pela Copel que liga Paranaguá à Foz do Iguaçu com oito eletropostos. Daniel Pimentel afirma que a Copel faz parte deste projeto porque acredita que este é o futuro da mobilidade urbana.

Também apresentaram novidades tecnológicas na exposição a Sanepar e a Celepar. O vice-governador – que participou da abertura do evento – disse que O Paraná trabalha para ser o estado mais inovador do Brasil e aplicar todas as inovações na gestão pública.

Smart City

Smart city significa cidade inteligente. Foram abordadas no evento quatro temáticas: para viabilizar tecnologias para estas cidades; governança em cidades digitais; cidades criativas, sustentáveis e humanas e planejamento de cidades inovadoras.

A área de exposição contou com 35 empresas (públicas e privadas), que exibiram soluções e inovações em várias áreas. Iluminação pública, segurança, educação, saúde, saneamento básico, trânsito e urbanismo. Além disso, mais de 80 especialistas e a participação de startups de Curitiba e região.

Os setores públicos e privados devem trabalhar juntos para construir cidades inteligentes, afirmou Ricardo Zapatero, CEO da FIRA Barcelona. Ele diz ainda que o evento traz ao alcance de todos novas tecnologias para planejar cidades. Disse também que é muito importante que as administrações públicas e privadas colaborem para encontrar soluções e ancorar a tecnologia.

Fonte: Secretaria da Fazenda