Bill Gates: Dicas para empresários chegarem ao sucesso

Dono de uma fortuna de US$ 80 bilhões, Bill Gates é sem dúvida um dos empresários mais bem sucedidos do mundo. Confira aqui as dicas que ele tem para você.

“Nosso mundo supervaloriza os extrovertidos, mas pessoas introvertidas também podem ser grandes líderes”

Bill Gates é uma pessoa introvertida, mas sabe usar isso a seu favor. Ter sempre a maior quantidade de informações sobre o assunto do qual precisa falar, por exemplo, é uma vantagem. Como pessoas introvertidas precisam se sentir mais seguras ao falar em público, se esforçam mais do que extrovertidas para isso.

“Se você quer contratar pessoas, deixá-las animadas, construir uma companhia em torno da sua ideia, é bom aprender o que os extrovertidos fazem, contratar alguns extrovertidos e usar as duas habilidades para ter uma empresa que seja bem-sucedida em reflexões profundas, construção de times e venda de ideias ao mundo.”

Ser introvertido é uma qualidade tão boa quanto ser extrovertido. Combinar as duas habilidades pode ser interessante para sua empresa. Ter duas formas diferentes de liderança e ideias de mundo é enriquecedor.

“O sucesso é um professor traiçoeiro. Ele seduz pessoas inteligentes e as faz pensar que elas não podem perder tudo”

Quanto mais bem sucedida sua empresa for, melhor ainda ela pode ser. Não deixe seu crescimento te impedir de crescer cada vez mais. Mais importante que isso: não deixe subir a cabeça. Empresas pequenas tem seu valor, e o sucesso pode ir embora. Valorize cada momento do seu sucesso e o mantenha com humildade. Isso vai manter pessoas incríveis perto de você e te ajudar a crescer cada vez mais.

“Seus clientes mais insatisfeitos são sua maior fonte de aprendizado”

A cada reclamação, deve-se tirar um aprendizado e procurar melhorar. Clientes insatisfeitos apontam falhas na sua empresa que podem e devem ser corrigidas. Dessa forma você consegue manter outros clientes e, até mesmo, reconquistar insatisfeitos.

“Inteligência é a capacidade de absorver informação em tempo real. De fazer perguntas que façam sentido. É ter boa memória. É traçar pontes entre assuntos que não parecem estar relacionados e inovar ao fazer essas conexões”

É importante saber como tomar decisões rápidas em momentos críticos. Interpretar as situações, fazer conexões e entender o grande cenário do que está acontecendo na sua empresa. Esses detalhes podem fazer uma enorme diferença na resolução de problemas.