5 dicas de branding para quem está começando sua empresa

O empreendedor brasileiro é aquele que precisa pensar sozinho em cada detalhe do seu negócio, sem terceirizar mão de obra. Já ouviu falar de um guia de estilo de marca? Essa é a primeira coisa que você vai precisar fazer. Veja quais são as outras.

Pense no branding como se estivesse encontrando alguém em um encontro às cegas. Você se veste para causar uma boa impressão, se comunica de uma forma que faça a outra pessoa ficar interessada em saber mais. E se as coisas funcionarem, pode até acontecer um segundo encontro.

O branding é o coração da sua marca. É por ele que você dá a alguém a experiência da sua empresa, estabelecendo uma imagem. Caso a pessoa se engaje, pode virar um cliente e ser consumidor do seu produto.

Muitos empreendedores ignoram o branding porque o consideram muito caro, ou não acham que precisarão dele até atingir um ponto de crescimento específico. No entanto, a verdade é que se estabelecer ele desde o início, não deixará o mercado confuso sobre o seu produto/serviço. Então, comece com o básico e use as muitas ferramentas gratuitas disponíveis. Elas ajudarão a não quebrar o caixa e gerar receita.

Crie um guia de estilo de marca.

Um guia de estilo estabelece diretrizes que definem sua marca e como ela será compartilhada com o mercado. Semelhante a um plano de marketing, um guia de estilo garante uma presença consistente da empresa em todos os compromissos, para que ela se torne reconhecível aos clientes atuais e potenciais.

Ele pode ser tão complexo ou limitado quanto você escolher, mas comece-o definindo:

  • Missão e visão
  • Analise competitiva
  • Público-alvo
  • Diretrizes criativas
  • Voz

Sua criação requer tempo e esforço, mas não é preciso investir dinheiro a menos que opte por contratar um consultor. Existem também vários exemplos gratuitos espalhados pela internet.

Projete seu logotipo.

E faça isso usando o guia de estilo de marca. Seu logotipo aparecerá em todos os itens, desde cartões de visita até seu website, por isso, ele precisa encapsular visualmente toda a ideia da sua empresa.

Antes de definir a cara da sua marca, estude logotipos gerais e os logotipos dos concorrentes. Identifique os elementos de que mais gosta e os que não gosta, e crie o logotipo que melhor represente sua marca e atraia seu público-alvo.

Tenha um site.

Toda empresa precisa de um website. Por quê? Um estudo recente da Deloitte descobriu que pequenas empresas com uma forte presença digital recebiam duas vezes mais receita do que as que não possuíam. Os sites geram vendas, aumentam a confiança do consumidor e proporcionam uma presença de marketing online 24 horas por dia, 7 dias por semana, o que dá suporte ao crescimento da empresa.

Embora exista o desafio do desenvolvimento, ferramentas grátis como Squarespace e WiseIntro são facilmente encontradas na internet para ajudar o pequeno empreendedor.

Aproveite as redes sociais.

As mídias sociais são gratuitas e uma ótima maneira de construir sua marca. Sim, você pode pagar para veicular anúncios e acessar análises de alto nível, mas não precisa começar por aí logo de cara. A alavancagem efetiva da mídia social requer uma presença profissional e consistente. Comece realizando pesquisas para determinar quais canais de mídia social têm maior probabilidade de atingir seu mercado-alvo e os influenciadores do setor.

Comece um blog.

O blog é outra excelente maneira de estabelecer sua marca, engajar seu público e criar autoridade sobre o tema. É aqui que a marca da sua voz é fundamental. Seja consistente em seu tom e processo de comunicação. Estabeleça sua experiência no setor, discuta tendências, apresente informações relevantes para seu público-alvo, compartilhe histórias reais sobre sua equipe e crie seu relacionamento com os clientes.

A chave para a promoção da marca é fornecer conteúdo novo em uma base consistente que faça com que seu público sempre volte para ver mais. Existem várias plataformas de blogs gratuitas e baratas, como o WordPress, por exemplo, que pode ser colocado em funcionamento em minutos.

Sua marca é a base do seu negócio. mas você não precisa gastar milhares de dólares para estabelecer e dar suporte a ela. O guia de estilo da marca deve informar todos os aspectos de seus compromissos profissionais, do seu logotipo ao seu blog, para comunicar de forma clara e consistente quem é sua empresa e seu público-alvo. Uma marca forte sempre proporcionará retornos financeiros, portanto, comece hoje mesmo.

LEIA TAMBÉM:

4 dicas para desenvolver uma estratégia de marketing

Marketing para empresas: por que é tão importante?

4 passos para você nomear (ou renomear) sua empresa