4 maneiras de melhorar seus hábitos no trabalho

Humanos são criaturas feitas de hábitos. Sempre tendemos a fazer ações de forma repetida, e isso pode nos ajudar ou atrapalhar. É importante sempre olhar para o que está sendo feito e gerar uma auto crítica: “Os meus hábitos estão realmente ajudando a fazer o meu trabalho melhorar? Ou estão me levando lentamente ao fracasso?”. Porém, a dúvida sempre será “Como posso mudar meus hábitos no trabalho se eles parecem tão necessários?”.

Separamos aqui 4 dicas incríveis para ajudar você a manter o foco em hábitos saudáveis para sua vida profissional:

1.  Maximize sua manhã.

O primeiro passo para construir hábitos melhores é maximizar sua rotina matinal: comece seu dia unindo eficiência e eficácia. Normalmente costumamos ser pouco produtivos pela manhã, por isso é de vital importância criar uma rotina matinal que aproveite melhor o seu tempo.

Não perca tempo com coisas simples. Grandes empresários deixam atitudes triviais como a escolha da roupa que irão vestir ou o cardápio do café da manhã em segundo plano, para poderem gastar energia com decisões mais importantes.

Exercícios físicos antes do trabalho estimulam os empresários a melhorar sua gestão de tempo desempenho interpessoal e eficácia nas decisões. Você pode usar este tempo para criar planos de ação que serão executados durante o dia.

Fazer sua agenda também pode ser um bom hábito matinal. Assim pode organizar seu mês, seu dia, seus contatos, emails e redes sociais. Com este controle poderá otimizar ainda mais seu tempo.

2. Tire os maus hábitos do seu dia.

Depois de conseguir organizar e utilizar melhor as suas manhãs, é a vez de pensar nas suas verdadeiras necessidades. Isso significa cortar do seu dia a dia os “maus hábitos”.

Como os hábitos são ações que fazemos repetidas vezes, eliminar maus hábitos nos poupa diversas horas que podemos ser mais produtivos. Identificá-los exige introspecção, afinal é preciso avaliar quais atitudes estão gastando mais tempo e energia sem gerarem resultados reais. Uma boa forma de fazer esta avaliação é imaginar se outras pessoas achariam elas superficiais ou desnecessárias.

Na lista de hábitos prejudiciais estão atitudes como: verificar os e-mails com muita frequência, tentar ser multitarefa em excesso e não completar tarefas, conversa fiada em horário de trabalho, fofocas, telefonemas sem importância, perder tempo em reuniões e/ou estendê-las sem nenhuma necessidade.

Avalie qual é o gatilho mental que faz com que seja estimulado a agir de uma determinada forma para que possa mudá-lo. Um exemplo prático: Quando se sente estressado você abre os vídeos do Youtube e passa horas vendo vídeos que o fazem distrair e relaxar. Em vez disso, ao se sentir estressado, faça uma pausa no trabalho, feche os olhos, respire fundo repetidas vezes e depois volte a  trabalhar do ponto que parou.

3. Tenha metas claras.

Ter objetivos concretos para trabalhar é uma outra maneira de melhorar seus hábitos diários. Saiba exatamente o que quer e como pretende chegar lá. Seja específico e sincero consigo. Suas metas precisam condizer com seus valores, ou seja, estarem alinhadas com seus “porquês”.

4.  Listas sempre funcionam!

Depois de ter metas claras em sua cabeça, é importante observar seu progresso para alcançá-las. E para não se perder no caminho, crie o passo a passo que precisa seguir.

Você pode fazer uma lista com todos os itens que deve executar, não precisa necessariamente seguir uma ordem, mas será estimulado ao riscar cada um deles e dá-los como realizados. Isso também acaba fazendo com que fique mais produtivo e até utilize melhor seu tempo.

Melhore seu hábito.

Usando essas quatro estratégias você ficará mais atento aos rumos que está tomando. Comece todos os dias com um plano de ação, trabalhe para melhorar (ou mudar) seus hábitos não lucrativos, tenha uma ideia concreta do que deseja em sua vida e use listas para verificar seu progresso.

LEIA TAMBÉM: Hábitos empresariais que melhoram a produtividade